• comercialgeaemp

Política da boa vizinhança: dicas para conviver em condomínio

Atualizado: 21 de jun.

Está pensando em ter uma vida em condomínio, mas ainda tem algumas dúvidas a respeito da convivência? Isso é normal! Para lhe ajudar, preparamos este artigo com dicas e informações úteis para que você compreenda mais como é viver em um condomínio.

Sabemos que as pessoas têm objetivos diferentes quando se trata de encontrar um novo lar. Por isso, abordaremos questões amplas. Retire suas dúvidas e confira também os benefícios de uma vida em condomínio!



RESPEITE AS NORMAS DE SILÊNCIO

Para manter a harmonia com todos dentro de um condomínio, é preciso respeitar as normas de silêncio. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não há uma lei do silêncio para condomínios, mas sim para comércios. Portanto, se um estabelecimento próximo ao prédio desrespeitar a lei, os moradores podem solicitar ao síndico para recorrer à Lei Nº10.406 do Código Civil.

O Regimento Interno do Condomínio é quem controla os sons feitos por residentes, por conversas, músicas, televisões ou festas Com esse documento é que decidem até qual horário é permitido emitir determinados sons dentro e fora do apartamento, como em salões de festas, playground e demais áreas de convivência que existam no condomínio.

Para minimizar conflitos com demais habitantes, caso alguém esteja emitindo barulhos até muito tarde ou cedo demais, pergunte ao síndico sobre a norma de sons que está no Regulamento Interno do Condomínio. Dessa forma, você saberá quem está descumprindo as regras e poderá pedir ao síndico mediar a comunicação, sem a necessidade de exposição.

Em tempos de isolamento social, é importante também ter compreensão, já que nem todas as pessoas estavam preparadas para trabalhar de casa. Por isso, priorize seu bem-estar, mas lembre-se que alguns ruídos são causados ocasionalmente. Se os sons forem contínuos e gerarem incômodo, converse com o síndico.


UTILIZE ADEQUADAMENTE AS ÁREAS COMPARTILHADAS

Ao falar em silêncio, também lembramos da utilização das áreas compartilhadas que podem existir em condomínios, como hall de entrada, academias, piscinas, churrasqueiras, salões de festa, playground, salão de jogos, portaria, etc.


Nunca deixe lixo nessas áreas, não danifique os móveis, aparelhos, itens ou objetos que estão nos ambientes. Após usá-los, deixe-os organizados e limpos. Lembre-se que as normas de silêncio também se aplicam a esses ambientes.

Caso tenha crianças, é importante ensiná-las sobre as regras de convivência para que elas também se habituem a respeitar. Dentro do elevador e na garagem também é importante cumprir as normas e manter a boa educação.


SAIBA QUANDO REALIZAR MUDANÇAS E REFORMAS

Mudanças e reformas são bem comuns, por motivos estéticos ou de segurança. Para não atrapalhar a rotina dos demais habitantes, atente para as normas de silêncio e também para a permissão de entrada dos trabalhadores.

É preciso avisar o porteiro para que ele saiba quem pode entrar e sair do prédio, evitando que desconhecidos se aproveitem dessa situação. Também é educado avisar os vizinhos sobre a reforma, deixando claro que será temporária e feita nos horários corretos.

Tenha cautela no transporte de móveis e outros itens para não danificar paredes ou áreas do condomínio. Isso também vale para quem está pintando o imóvel, pois as tintas facilmente podem escorrer durante o transporte de um ambiente para outro.



CUIDE DO SEU PET COM ATENÇÃO

Quem tem pet sabe que é preciso dar todo o amor e carinho para que os bichinhos se sintam confortáveis. Além disso, para evitar latidos excessivos ou em horários inadequados, é muito importante passear com os pets.

Entendemos que durante a rotina é possível que você passe mais tempo fora de casa por conta do trabalho ou estudos, mas tente deixar brinquedos para que eles possam se distrair enquanto você não estiver presente.

Alguns bichinhos sentem muita falta dos donos e acabam chorando e uivando. Nesse caso, é interessante deixar uma roupa antiga com seu cheiro para que ele se sinta mais confortável.



Preste atenção também nas áreas do condomínio que você pode acessar com os pets. Caso o animal suje o local, sempre deixe tudo limpo. Se seu cão ou gato não se adaptar bem a outras pessoas e animais, use uma focinheira para evitar acidentes.


RECICLE E RETIRE O LIXO DA FORMA CORRETA

Muitos condomínios já contam com uma coleta adequada de lixos, separando os materiais recicláveis dos orgânicos. Sendo assim, basta separar seu lixo e deixá-lo nos locais determinados. Porém alguns prédios não contam com essa função e é interessante que você realize a reciclagem correta para ter uma vida mais sustentável. Há muitos supermercados e pontos nas cidades que coletam o lixo.

Vale a pena verificar quais são os horários determinados e os endereços, pois essa tarefa é mais fácil do que parece e ajuda muito o meio ambiente. Lembre-se: precisamos todos cuidar do planeta.



Viver em condomínio é uma ótima opção para quem quer mais segurança, já que poderá contar com uma portaria. Quem gosta de viajar, terá tranquilidade ao fechar as portas do apartamento e curtir um período fora.

Além disso, a vida em condomínio é adequada para quem gosta de interagir com mais pessoas, tendo a oportunidade até de contar com os vizinhos e criar laços afetivos. Para quem tem criança, também é vantajoso, já que os pequenos têm a chance de interagir com outras crianças.

1 visualização0 comentário